bull-pure


TOURADAS E GOLPE DE CALOR
~ English translation scroll down

heat-stroke-bull


A energia térmica presente no organismo de um animal homeotérmico (de temperatura constante), como o bovino, é na sua maior parte gerada pelos processos metabólicos (da contracção muscular no exercício físico e outros) e o resto é procedente do meio ambiente, por meio da radiação (solar e outras).

Quando a temperatura ambiente sobe acima de 29°C, a via de perda de calor mais eficiente será por evaporação (transpiração e respiração) sendo responsável, por exemplo, em bovinos a 85% das perdas de calor. Esse tipo de perda é dependente da humidade relativa do ar.

O mecanismo físico de termólise - para evitar o sobre aquecimento e manter a temperatura do corpo constante - considerado mais eficaz é por evaporação. Porém, em ambientes muito húmidos, a evaporação pode tornar-se muito lenta ou nula.

Se a região for húmida (Açores), a perda de calor por evaporação será prejudicada, proporcionando um elevado stress calórico.

A perda de calor latente por evaporação através das glândulas sudoríparas é um dos mecanismos de adaptação ao stress calórico em bovinos, ovinos, equinos, caprinos e bubalinos (família a que pertencem os búfalos). Quando um animal é submetido a altas temperaturas, ocorre um aumento da circulação sanguínea para a epiderme, proporcionando uma quantidade adicional para as glândulas sudoríparas e estimulando a sua acção (transpiração).

A evaporação respiratória tem sido apontada como o principal mecanismo de termólise (para evitar o sobre aquecimento e manter a temperatura do corpo constante). Para perder calor por evaporação respiratória, o animal aumenta a sua frequência respiratória.

DESIDRATAÇÃO

Desidratação é a falta de água no organismo causada por falta de ingestão de líquidos ou perdas exageradas sem reposição (transpiração, respiração, diarreias , insolação).

O transporte de nutrientes e a remoção de resíduos dos órgãos do corpo são feitos pelo sangue (essencialmente constituído por água) dentro dos vasos sanguíneos. A diminuição de volume diminui o transporte, provoca queda da pressão sanguínea levando a um quadro de choque (falta de sangue em todos os órgãos) . Se houver perdas acentuadas (diarreia) piora a situação pela perda de sais minerais (electrólitos).

Isto provoca um forte transtorno do estado geral, acompanhado de grande sofrimento, que pode levar à morte.

O mesmo se aplica ao gado bravo, antes e depois das touradas, inclusivé nas touradas à corda, onde desidratados ficam horas dentro de gaiolas ao sol, sem água, antes e depois de correrem e ficarem extenuados e aquecidos num vasto arraial de provocações e movimento.

Isto já levou a muitas mortes, que são escondidas pelos aficcionados.

É mais uma etapa do sofrimento a que os animais estão sujeitos na tauromaquia.

Achamos que isto deve ser investigado e divulgado.

Vasco Reis

969612_591320387585116_1429424270_n
Source :
Campanha contra as touradas no mundo


*** *** *** ***

BULLFIGHTING AND HEAT STROKE

The thermal energy present in the body of an homeotermic animal (with constant temperature), is mostly generated by metabolic processes (of muscle contraction in the exercise and others) and the rest is coming from the environment, by means of radiation (solar and others).

 When the environment temperature rises above 29° C, the most efficient heat loss is by evaporation (perspiration and breathing), being responsible, for example, in cattle to 85% of the heat loss. This type of loss is dependent on the relative humidity of the air.

 The physical mechanism of thermolysis - to avoid overheating and to keep body temperature constant - is due mainly to evaporation.
 However, in very humid environments, evaporation may become very slow.

 If the region is humid (Azores), evaporative heat loss will be difficult, providing a high caloric stress.
 The loss of heat by evaporation through the sweat glands is one of the mechanisms of adaptation to caloric stress in cattle, sheep, horses, goats and buffaloes.

 When an animal is subjected to high temperatures, there is an increased blood flow to the skin, providing an additional amount to the sweat glands and that stimulates its action (perspiration).

 Respiratory evaporation has been pointed as the main mechanism of thermolysis (to avoid overheating and to keep body temperature constant).
 The respiratory rate increases when respiratory evaporative heat loss is needed for example by exercise.


DEHYDRATION

 Dehydration is the lack of water in the body caused by lack of fluid intake or excessive losses without replacement (sweating, breathing, diarrhea, sunstroke ...).

The transport of nutrients and removal of waste from the body organs are made by blood (essentially consisting of water) within the blood vessels.

The decrease of blood volume decreases transportation, causes the fall of blood pressure leading to a shock (lack of blood in all organs). If there are sharp losses (diarrhea) it worsens the situation because of the loss of mineral salts (electrolytes).

 This causes a strong general organism disorder, accompanied by great suffering, which can lead to death.

The same applies to bovines, before and after of bullfighting, inclusive in bullfighting with the rope (tourada à corda, corrida à corda - Azores), standing hours under the Sun inside cages without water, before and after the intensive run.

 This has led to many deaths, which are hidden by the fans.

 This is one more step of suffering to which animals are subjected in bullfighting.

This should be investigated and reported.

Vasco Reis